quarta-feira, 18 de março de 2009

Excerto de algo...

Ele magoou-a, foi fraco, não quis, querer crescer ou talvez, ela não o tenha ajudado da melhor forma!!!
No seu mundo, a única dificuldade que existia era pura e simplesmente a Contrariedade, que era aplicada em tom de rebeldia...
O sentimento dela jamais irá ser alterado, pois sofre pelas atitudes que ele irá um dia chorar, provavelmente quando alcançar os seus 50/60 anos de idade, onde descobrirá que toda a sua vida foi uma mentira, por um motivo que não lhe fará o menor sentido...

Ela Pensa / Sonha-o / Deseja-lo...

Orgulho e Insegurança foram seus piores inimigos, aplicados sempre da pior maneir, e sempre em mau contexto...
A ela falta-lhe o ar de tanta dor, opta por não pensar, mas por vezes é perfeitamente inevitável, olha à sua volta... percebe e realiza que tudo o que existe, existe por ele ter existido um dia...
Acredita que jamais irá sentir novamente AMOR da mesma forma, com a mesma intensidade e cumplicidade...
"Também lhe sussurrará ao ouvido, todas as noites, que a Ama eternamente?"
Ela fôra muitissimo feliz, somente por o ter a seu lado, revoltada e indignada questiona-se do porquê de tanta insegurança e sentimentos negativos, que permitiu, julgando não passar de uma fase, fase que jamais teve um fim...

Ele sempre achara que déra muito de si, pois quando surgiu a oportunidade, e não olhara para trás, achou que seria descabido não aproveitá-la, somente não compreendeu que não bastava aproveitar uma oportunidade, que por tanto lutara, mas sim, teria de saber fazê-lo!

Não houve sabedoria para gerir sentimentos... Decisões foram tomadas sem a noção das consequências a nível sentimental, o que se tornou, absolutamente devastador e consumiu todas as suas energias...
Mas ela o entende, ainda hoje o compreende e lhe declara todos os dias, todas as noites, o seu amor eterno...

Ele fez o seu papel, hoje tem o que sempre desejou, tudo menos a ela....

Sem comentários:

Enviar um comentário

Alcanca.me(".)